o que é fisioterapia

O Que é Fisioterapia – Aprenda em Nosso Artigo

O que é fisioterapia? Se você está se perguntando isso é porque certamente tem um enorme interesse por projetar sua carreira na área da saúde.

Entretanto, é neste momento de definição profissional que diversas dúvidas poderão surgir. Afinal, como saber se a sua escolha é a melhor opção para o seu perfil?

Sendo assim, surge uma única resposta: pesquisa. É preciso se engajar em conhecer de perto as áreas que despertam o seu interesse para, a partir disso, decidir qual delas fará parte da sua vida.

Considerando estes pontos, preparamos um artigo para que você aprenda o que é fisioterapia. E assim, possa compreender mais profundamente esta área de atuação. Quem sabe assim, você não percebe que será o próximo fisioterapeuta, não é mesmo?

Descubra também quanto ganha um fisioterapeuta e aprenda sobre o mercado de trabalho.

 

Breve história da fisioterapia

Antes de nos aprofundarmos no que se trata a profissão do fisioterapeuta, é importante conhecermos um pouquinho de sua trajetória.

Afinal, cada parte relacionada à sua escolha profissional é importante: isto inclui história, projetos que a área se engaja e quais são os campos de atuação.

Sendo assim, seguimos uma breve contextualização da história da fisioterapia:

Na antiguidade havia uma forte preocupação com as diferenças e problemas físicos. A cura era procurada a partir de agentes externos, com recursos, técnicas, exercícios e massagens que pudessem diminuir as “diferenças incômodas” (assim chamadas na época).

Entretanto, mais tarde, na Idade Média, ocorreu uma abrupta interrupção nos estudos relacionados à área da saúde. Sabe-se que a influência religiosa desencadeou essa pausa nas pesquisas médicas. Associava-se, então, que as “diferenças incômodas” poderiam ser castigo dos deuses.

Sendo assim, os exercícios eram mais praticados apenas com o intuito de aumentar a potência física. Ou seja, não se acreditava mais em sua capacidade “curativa”.

Todavia, foi no Renascimento que a preocupação pela saúde do corpo voltou a surgir. O exercício volta para a pauta de tratamentos, e os estudos da área da saúde desencadeiam-se mais uma vez.

Mais tarde, na Industrialização, foi que as “diferenças incômodas” voltaram a, de fato, incomodar. Sendo assim, as jornadas exaustivas de trabalho estavam trazendo uma consequência: trabalhadores lesionados, exaustos e doentes.

Mas, como que a nobreza poderia perder a fonte da sua riqueza, não é mesmo?

Assim sendo, surgem escolas de Cinesioterapia, com o intuito de tratar e ou reabilitar os lesionados e mutilados (devido a 2° Guerra Mundial) para que pudessem voltar prontos para o trabalho.

Foi então, no final do século XX, que surge a Fisioterapia como um importante campo de atuação da área da saúde. Tendo os seus recursos voltados a princípio, apenas aos indivíduos lesionados e doentes.

Com o decorrer dos anos as áreas de atuação do profissional da fisioterapia foram evoluindo. Até então, chegar ao patamar da profissão como conhecemos hoje.

 

O que é fisioterapia

A fisioterapia é, no entanto, uma ciência da saúde responsável pelo estudo, diagnóstico, prevenção e tratamento de disfunções cinéticas de órgãos e sistemas do corpo humano.

É nesta profissão que o sujeito estudará a fundo todas as estruturas e funções do corpo.

O profissional da fisioterapia estuda também os efeitos benéficos que o movimento corporal, as irradiações magnéticas e o ultrassom, por exemplo, desencadeiam sobre a estrutura corporal.

O fisioterapeuta é o profissional capacitado para diagnosticar, avaliar, tratar e recuperar disfunções de cunho cinéticas-funcionais. Além, obviamente, de prescrever exercícios, elaborar projetos de intervenção e emitir prognósticos pertinentes.

Sendo uma área abrangente a diversos contextos de atuação, o profissional da fisioterapia poderá trabalhar tanto como autônomo quanto como empregado de clínicas, por exemplo.

O mercado da saúde é gigantesco, visto que visar o bem estar e a manutenção corporal do ser humano são pautas para até o findar de nossa espécie. 

 

O que faz um fisioterapeuta e qual a sua importância

Entretanto, agora que você já conhece um pouco da história da fisioterapia e os seus objetivos, é interessante compreender o que faz um fisioterapeuta.

A partir desses conhecimentos, no entanto, será possível pautar a sua escolha profissional como ideal – ou não.

Todavia, já podemos lhe dizer de antemão que é necessária certa paixão por pessoas. Afinal, você trabalhará diretamente com elas, todos os dias, visando uma melhora na qualidade de vida das mesmas.

Sendo assim, busque uma boa formação na área e vá em frente. O campo da saúde é amplo, e com certeza haverá espaço para você.

Caso tenha se interessado pelo curso, aprenda quais as melhores faculdades de fisioterapia.

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *