o que faz um engenheiro químico

O Que Faz um Engenheiro Químico – Aprenda em Nosso Artigo

O engenheiro químico é responsável por diversas transformações físico-químicas dentro de uma indústria.

Este profissional analisa o produto desde que o mesmo é ainda matéria-prima, acompanhando o seu desenvolvimento até a produção final.

São estes profissionais que irão transformar a matéria em bens de consumo para a sociedade em geral.

Esta área de atuação surgiu na Inglaterra, no século XIX, estando diretamente relacionada com a revolução industrial.

Assim, se você está em dúvida de qual carreira profissional seguir, e ainda, se a engenharia química tem feito parte da sua lista de opções, não deixe de conferir o nosso guia completo sobre o que faz um engenheiro químico.

Descubra também quanto ganha um engenheiro químico e aprenda tudo sobre o mercado de trabalho.

 

O que faz um engenheiro químico

O engenheiro químico atuará diretamente com questões relacionadas à pressão, temperaturas e quantidades de matérias primas nas quais serão utilizadas no maquinário da empresa de produção.

Calcula exatamente a quantidade e condições necessárias para que determinado produto seja produzido com valor agregado.

Dentre as diversas áreas que o engenheiro pode atuar, listamos a seguir as principais.

 

Desenvolvimento

É através do desenvolvimento que o engenheiro químico irá criar e aprimorar produtos da indústria química, alimentícia e petroquímica.

Nesta área específica, o profissional é responsável por viabilizar técnicas que possam agregar valor ao produto e também estabelecer rapidez e economia no processo de produção.

Está sempre em busca de aperfeiçoamento das técnicas utilizadas, visando o desenvolvimento do processo como um todo. Partindo desde a matéria-prima escolhida até o produto final desejado.

Além de projetar e desenvolver novas formas de produções químicas, é de responsabilidade do engenheiro químico projetar e desenvolver novas formas de extração da matéria prima.

 

Meio ambiente

O engenheiro químico que trabalhar com o meio ambiente será responsável por definir formas e métodos adequados de preservação ambiental.

Este profissional terá a constante busca de desenvolvimento de tecnologias capazes de auxiliar a indústria química. Considerando sempre, a viabilização de procedimentos limpos e que não acarretem consequências maléficas ao meio ambiente.

Além disso, o engenheiro químico terá como função estabelecer a reciclagem e o tratamento de resíduos industriais. Assim, os mesmos serão reutilizados de uma maneira consciente, para que não sejam descartados na natureza.

Outro fator importante para esta área é que o engenheiro químico se atente na escolha da matéria que será utilizada para a produção. Ou seja, além de visar a economia, a rapidez, a técnica mais eficaz e a reciclagem, no momento em que a matéria prima é escolhida o profissional deve calcular a melhor forma de extraí-la. Assim, garantirá que sua extração não causará um impacto muito profundo no meio ambiente.

 

Processo industrial

O engenheiro químico pode também trabalhar diretamente com o processo industrial. O mesmo será responsável por planejar e supervisionar todos os procedimentos da indústria química. É ele quem irá estudar métodos mais eficientes e técnicas mais recomendadas para cada etapa da produção.

O mesmo administrará as equipes e os objetivos, sempre visando o aumento na produtividade, a segurança no trabalho e a redução de custos.

No processo industrial, este profissional ficará encarregado de representar a empresa junto a órgãos governamentais, para assim obter autorizações e licenças necessárias para o transporte e utilização dos produtos químicos por ele definidos.

 

Projetos

A atuação do engenheiro químico com projetos está diretamente relacionada com questões como: determinar processos de produção; projetar fábricas; direcionar equipamentos adequados e as instalações da empresa; garantir os procedimentos de segurança; estabelecer uma logística ampla e planejada para estocagem e movimentação dos materiais utilizados pela empresa.

O engenheiro químico também será responsável pela criação de um protótipo. Em outras palavras, a cada nova ideia que a indústria possa vir a ter, o engenheiro químico calcula, pesquisa e estuda a matéria prima adequada e, a partir disso, elabora um protótipo do produto final.

 

Escolhendo a profissão de engenheiro químico

A diversidade de atuação que um engenheiro químico pode encontrar faz com que esta profissão seja muito almejada.

Entretanto, a sua complexidade requer um posicionamento sério e comprometido daquele que se dispõe exercê-la.

As responsabilidades sociais e ambientais são grandes, o que demandam do profissional certa preocupação e certo cálculo impecável.

Se o seu forte não for exatas e você procura uma profissão que possa trabalhar com variáveis, talvez esta não seja a melhor opção.

Entretanto, se você curte física e química e está sempre em busca de novos horizontes e melhorias para diversos empreendimentos, a engenharia química pode ser uma alternativa e tanto.

Caso escolha essa profissão, descubra quais são as melhores faculdades de engenharia química do brasil.

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *